Super-heróis da vida real: conheça o Capitão Bonfa

Por André Morelli

Nas últimas semanas, a região do Bom Fim, um dos bairros mais tradicionais de Porto Alegre, se tornou a base de operações de um improvável protetor. Vestindo um uniforme preto e azul com direito a máscara e capa, um jovem que se identifica apenas como Capitão Bonfa passou a patrulhar o bairro todo o final de tarde.

Em suas andanças pelo Bom Fim, o jovem fã de quadrinhos distribui apitos para as pessoas e explica que basta assoprar três vezes para que o Capitão Bonfa apareça e ajude velhinhos a atravessar a rua, carregue sacolas pesadas para senhoras e distribua sacos plásticos para que pessoas com seus animais de estimação não sujem as ruas.

Nada muito emocionante, mas é importante lembrar que nosso herói não tem treinamento, equipamento ou superpoderes para combater o crime. A ideia é apenas ajudar a estimular gestos de respeito e cidadania entre as pessoas.

Tirando alguns malucos fantasiados de Batman, o Capitão Bonfa parece ser o primeiro brasileiro a se tornar um super-herói da vida real, movimento que tem se espalhado pelo mundo nos últimos anos. Assim como o Capitão, a maioria desses heróis pratica pequenos gestos de cidadania, mas alguns realmente acreditam que podem enfrentar criminosos e já chegaram até a ser presos por atrapalhar o trabalho da polícia.

Aqui no Popground, desejamos sucesso ao Capitão Bonfa. E torcemos para que ele ganhe de alguma alma caridosa um uniforme melhor.

 

Compartilhe!

Author: André Morelli

Vida louca e próspera. morelli@popground.com.br

Share This Post On

3 Comments

  1. No Brasil existem 4 RLSH’s… Cilcista Prateado, Super Super Dara eu e agora o Capitão Bonfa…

    Post a Reply
  2. Esquecei de mencionar o Batman de Taubaté… todos fazem serviços relevantes a sociedade…

    Post a Reply
  3. Gaúcho Negro, valeu pelas correções!
    Suas dicas são uma boa deixa para novas matérias sobre os super-hérois da vida real.
    Abraço!

    Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>