Resenha – Lego Batman: o Filme

Lego Batman

Depois do sucesso de Uma Aventura Lego (2014), era evidente que a empresa dinamarquesa de blocos de montar iria produzir novos filmes. E se entre os inúmeros personagens licenciados que você pode usar existe um certo Homem-Morcego na lista, vamos combinar que tudo fica mais fácil.

Como o próprio nome indica, Lego Batman: o Filme adapta o universo do Cavaleiro das Trevas para o insano mundo de blocos coloridos apresentado ao público em Uma Aventura Lego. Na trama, o Coringa está em crise por Batman não admitir que o Palhaço do Crime é seu maior inimigo. Isso leva o vilão a arquitetar um plano que mostre de uma vez por todas que ele é a maior ameaça que Batman já enfrentou.

Do outro lado, o Homem-Morcego precisa lidar com o fato de ter adotado de forma acidental um órfão chamado Dick Grayson, enquanto a chegada de Barbara Gordon, a nova comissária de polícia de Gotham City, vai obrigar Batman a enfrentar seu maior pesadelo – trabalhar em equipe.

Lego Batman é acima de tudo uma grande homenagem ao herói e todas as suas diferente versões. Todas as facetas do personagem estão expostas na grande tela, ao estilo exagerado da franquia Lego: as histórias em quadrinhos malucas dos anos 1950, o colorido seriado de TV dos anos 1960, o desenho dos Superamigos, os filmes góticos de Tim Burton, a trilogia de Christopher Nolan e até o Batman vivido por Ben Affleck nos novos filmes da DC Comics; todos esses elementos surgem lado a lado e garantem algumas das melhores piadas de Lego Batman.

Com um ritmo acelerado de piadas e referências explodindo na tela a todo momento, não é de se admirar que a direção do filme seja de Chris McKay, que trabalhou durante anos na excelente série Frango Robô para a Adult Swim, divisão de humor adulto da Cartoon Network.

E apesar de ser um filme com censura livre, parte da diversão de Lego Batman é caçar a enorme quantidade de easter eggs da produção, o que deve passar batido para crianças mais novas e não fãs do Homem-Morcego. Mas para os fãs fica a loucura de ver os mais ridículos vilões do Homem-Morcego na tela grande, como o Homem-Pipa ou o Rei dos Condimentos. E sim, esses vilões realmente existem.

Lego Batman: o Filme estreia nos cinemas brasileiros dia nove de fevereiro e é garantia de diversão da primeira a última cena. E que venha logo um filme da Liga da Justiça Lego.

Compartilhe!

Author: André Morelli

Vida louca e próspera. morelli@popground.com.br

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>