Mulher-Maravilha: trailer comentado

Mulher-Maravilha

E durante a apresentação de seu painel na San Diego Comic-Con, a Warner finalmente revelou o primeiro trailer do aguardado filme da Mulher-Maravilha.

Com direção de Patty Jenkins (Monster), Mulher-Maravilha é o quarto filme dentro do universo cinematográfico dos personagens da DC Comics, que teve início com Homem de Aço (2013).

Na trama escrita pelos roteiristas de quadrinhos Allan Heinberg (Jovens Vingadores), Geoff Johns (Liga da Justiça) e o diretor Zack Snyder, Diana (Gal Gadot) é a princesa de Themyscira, uma ilha paradisíaca e totalmente isolada do mundo exterior, habitada por um grupo de guerreiras gregas imortais.

Filha da rainha Hipólita (Connie Nielsen) com Zeus, Diana é uma semideusa treinada desde a infância nas artes da guerra e que jamais viu um homem até encontrar Steve Trevor (Chris Pine), um major da Força Aérea norte-americana que chega até Themyscira depois um acidente com seu avião.

Após ouvir os relatos de Trevor sobre uma terrível guerra que se espalha pelo mundo, Diana resolve explorar o mundo exterior e tomar partido no conflito antes que ele assuma proporções ainda maiores.

A história do filme segue bastante fiel aos quadrinhos, usando tanto elementos da origem clássica da personagem como sua saída de Themyscira para lutar numa guerra quanto o fato de Diana ser filha de Zeus, introduzido em histórias mais recentes.

O que chama a atenção é a mudança da guerra. Nos quadrinhos, Diana lutou na Segunda Guerra Mundial, mas no filme ela vai lutar na Primeira Guerra Mundial. Um dos principais motivos para a mudança deve ser para que o filme da Mulher-Maravilha não seja comparado com o filme do Capitão América. Mas também não podemos esquecer que a produção será lançada em 2017, ano em que se completam 100 anos da entrada dos Estados Unidos no conflito, fato que aumenta bastante o simbolismo do filme.

Outra questão interessante é que normalmente todo filme de guerra de época é sobre a Segunda Guerra Mundial. A maioria das pessoas não sabe quase nada sobre a Primeira Guerra, o que pode ser uma carta na manga para Mulher-Maravilha.

Sobre o trailer, palmas para a DC Films que parece ter acertado em tudo, dos figurinos a trilha sonora, com direito a Gal Gadot rebatendo morteiros com um escudo. Se a idéia era criar um alto nível de expectativa no público, a tarefa foi cumprida.

Com Robin Wright (Antiope), Lucy Davis (Etta Candy) e mais um batalhão de atores em papeis não-anunciados para aumentar o mistério, Mulher-Maravilha tem previsão de estreia no Brasil para primeiro de junho de 2017, um dia antes dos norte-americanos.

Compartilhe!

Author: André Morelli

Vida louca e próspera. morelli@popground.com.br

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>