Resenha: Escobar – A Traição

Uma figura intrigante da cultura pop, o narcotraficante Pablo Escobar tem mais uma vez um pouco de sua história contada, dessa vez através do ponto de vista de sua amante, a âncora de TV Virginia Vallejo em Escobar – A Traição.

Mostrando desde o encontro da apresentadora de TV até o momento em que ela concorda em ajudar o D.E.A. (a divisão de combate às drogas nos Estados Unidos), o filme faz um recorte de como Pablo Escobar ascendeu em sua carreira como narcotraficante até sua morte em dezembro de 93, ao mesmo tempo em que mostra como a vida da apresentadora de TV também passou por um história de ascensão e queda devido ao seu envolvimento com Escobar.

Internet/Reprodução. Penélope Cruz e Javier Bardem em Escobar - A traição.

Penelope Cruz e Javier Bardem como Virginia Vallejo e Pablo Escobar.


Apesar da ótima química e atuações de Javier Bardem e Penélope Cruz, a adaptação do livro Amando Pablo, Odiando Escobar (Amando a Pablo, odiando a Escobar – Virgínia Vallejo, 2017) apresenta alguns problemas em relação ao tempo de tela que se perde devido as escolhas da direção. A opção por manter o inglês como idioma no filme também é um ponto fraco, já que os atores fazem um sotaque para dar mais autenticidade, mas que só causa estranheza, já que o filme todo é situado na Colômbia.

Para quem nunca viu nada a respeito da história de Pablo Escobar, o filme é um ótimo começo. Apesar de suas falhas, a produção dirigida pelo espanhol Fernando León de Aranoa apresenta de forma resumida alguns importantes acontecimentos da vida de Escobar e de como seu Cartel de Medelin influenciou diretamente leis americanas e o modo de vida da Colômbia, mas para aqueles que já viram a série da Netflix (NARCOS) ou leram algum livro sobre o assunto, a produção não acrescenta muito e se torna um pouco repetitiva.

escobar

Primeiro dia de Escobar como político na Colômbia.


P.S. A escolha do nome do filme para o Brasil também deixa a desejar, pois parece que a trama se baseia numa traição por parte da personagem de Penélope Cruz, mas não é bem assim que as coisas acontecem…

 

Compartilhe!
Henrique Oliveira

Author: Henrique Oliveira

Nerd e sonhador que ama games e quadrinhos (e doces). Mais em @preto_geek

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>