Crítica: Creed – Nascido para Lutar

ATENÇÃO: este texto contém spoilers do filme!!!

creed-capa

Depois da recepção entusiasmada de Rocky Balboa, que marcou a volta de Sylvester Stallone à sua obra-prima (se você prefere o Rambo, tudo bem!), era de se esperar que o universo do Garanhão Italiano não demoraria a reaparecer nos cinemas e assim surgiu a ideia para Creed – Nascido para lutar.

A continuação/reboot da saga conta agora com Michael B. Jordan no papel de Adonis Johnson, filho do legendário Apollo “Doutrinador” Creed. Criado longe dos ringues e de seu pai famoso, Adonis vai atrás de Rocky para mostrar à todos que também tem talento para vestir o shorts estampado com a bandeira dos EUA e encarar alguns rounds contra os maiores boxeadores do planeta.

Diferente, mas igual

Creed chegou às telas para matar a saudade dos fãs de Rocky e também para passar o bastão de Stallone para Jordan, portanto era de se esperar que muito da fórmula de sucesso dos filmes anteriores fosse mantido. Ainda assim, o filme poderá soar um pouco preguiçoso para os fãs mais radicais do lutador.

O filme tem dificuldades em estimular os espectadores e cenas clássicas como as passadas nos treinamentos e lutas soam apressadas e distantes da paixão mostrada nos melhores momentos da franquia. Michael B. Jordan fez um bom trabalho e tem potencial para melhorar no futuro, mas não foi desta vez que seu personagem ficará marcado de vez no coração dos fãs. E a trilha sonora é ótima, mas não será lembrada como as canções-tema do velho Rocko.

Merece destaque também a atuação que deu o Globo de Ouro à Stallone, que levou seu personagem pelo caminho iniciado no filme anterior e mostrou o ex-campeão mundial lutando principalmente fora dos ringues ao encarar a própria noção de mortalidade.

Apesar do roteiro aparentemente feito sem grande carinho, Creed é diversão garantida e faz jus a seu lugar na cronologia de Rocky graças à direção, elenco, figurino, trilha sonora e fotografia. Vale a pipoca!!

Creed – Nascido para Lutar já está em exibição em todo o país.

Compartilhe!
Claudio Murena

Author: Claudio Murena

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>